Dúvidas? 11 3052-2529 | 0800 771 2529 Login

Blog Descomplicado

É fato: produtividade aumentou durante a pandemia

Redação Radar IBEGESP Recursos Humanos e Gestão de Pessoas Matérias Todas 24/11/2020

Pesquisa identificou que o trabalho remoto trouxe benefícios profissionais

Como foi sua adaptação para o trabalho remoto? Percebeu aumento de sua produtividade? O que considera como ganho e/ou perda nesta modalidade? A pesquisa nacional “Teletrabalho e mercado de trabalho”, realizada pelo DataSenado apontou que 7 em cada 10 trabalhadores ativos afirmaram que a adaptação ao novo formato foi fácil, apesar de todo o panorama gerado pelo isolamento social. Atualmente, dos 21 milhões de cidadãos que já trabalharam ou trabalham atualmente de forma remota, dois terços deles, 14 milhões de brasileiros, estão em home office em razão da pandemia.

De acordo com as respostas apresentadas na pesquisa, realizada por telefone entre os dias 11 e 18 de setembro de 2020, os principais pontos foram:

Vantagens:

  • aumento do nível de bem estar pessoal (49%)
  • melhora no ambiente familiar (48%)
  • rendimento do trabalho aumentou (41%)
  • horário flexível (28%)
  • não deslocamento até o local de trabalho (24%)

Dificuldades:

  • não recebimento de auxílio da empresa para ter os equipamentos necessários para o bom desenvolvimento do trabalho (68%)
  • falta de internet de qualidade (22%)
  • problemas para conciliar o trabalho com as tarefas domésticas (20%)
  • ausência de equipamentos de informática adequados (16%)
  • diminuição de contato com os colegas de trabalho (15%)

Segundo os resultados gerais, o teletrabalho trouxe benefícios para a vida pessoal e profissional, gerando o aumento da produtividade por conta de menor desgaste com deslocamentos. Aliado a isso, o fato de poder buscar capacitações em EaD, por exemplo, fez com que muitos trabalhadores conseguissem meios de melhorar seu desempenho.

Este panorama mostra que, apesar de toda a turbulência causada pela imposição do trabalho à distância para evitar a disseminação da Covid-19, de alguma forma, a adaptação à modalidade fez com que fosse vista como uma boa opção para o período pós-pandemia.

Já de olho nisso, a pesquisa também avaliou a opinião dos brasileiros sobre o Projeto de Lei (PL) 3.512/2020, que configura as obrigações do empregador na realização do trabalho remoto, como fornecimento e manutenção de equipamentos e infraestrutura, reembolso de despesas como energia elética, telefonia e internet – além de estabelecer o pagamento de horas extras nos moldes do trabalho presencial. 82% dos entrevistados concordaram com os itens apresentados.

De fato, chegou a hora de a questão sobre normas e regulamentação no teletrabalho estarem em debate, visto que o formato, que serviu como uma das principais medidas emergenciais no combate à pandemia, quebrou paradigmas em muitos setores e trouxe possibilidades acerca da tão sonhada tríade: qualidade de vida + sustentabilidade + produtividade.

Porém, é preciso também analisar a questão da falta de convivência entre as pessoas, não deixar que o trabalho à distância provoque afastamento social capaz de originar problemas emocionais e anular todas as vantagens citadas até aqui. Para isso, as plataformas e ferramentas digitais colaboram, mas não substituem aquele papo descontraído durante um cafezinho na copa. Então, já se fala em modelo híbrido,em que ao menos uma vez por semana as equipes se reúnam presencialmente.

E você que trabalha na Gestão Pública? Tá fazendo home office ou trabalhando presencialmente? Se está trabalhando de casa, do que mais sente falta do ambiente de trabalho presencial? E, guardadas as devidas proporções da pandemia, o que conseguiu concretizar de planos guardados para quando tivesse mais tempo disponível? O que tem feito com a economia de horas de deslocamento? Pense nisso e aproveite para se organizar e usar aquele período que era gasto no trânsito em algo produtivo para sua vida pessoal.

Nós da redação IBEGESP temos dicas que vão te ajudar com isso, pois acreditamos que o trabalho e o estudo remoto vieram para ficar e todo mundo precisa se organizar para tirar o melhor proveito desta modalidade. Acesse nosso artigo e ouça um podcast sobre produtividade e home office na Gestão Pública. Ah, e tem também conteúdo sobre como aproveitar para se desenvolver por EaDwink

Tags:


Posts Relacionados