Dúvidas? 11 3052-2529 | 0800 771 2529 Login

Novidades do mês

Radar: A agenda permanente da gestão Pública

E se os serviços de combate à violência doméstica fossem considerados essenciais?

Senado aprovou no dia 3 de junho e a Câmara dos Deputados no dia 10, por unanimidade, uma proposta que categoriza como essenciais os serviços de enfrentamento à violência doméstica que atinge, em especial, mulheres, crianças, idosos e pessoas com deficiência. A matéria amplia as possibilidades de atendimento presencial para qualquer ocorrência que envolva lesão corporal durante a pandemia - o que antes era possível apenas em casos de estupro e feminicídio. 

...