Dúvidas? 11 3052-2529 | 0800 771 2529 Login

O PLANEJAMENTO ORÇAMENTÁRIO NO ÚLTIMO TRIMESTRE EXIGE ATENÇÃO REDOBRADA

Especialista recomenda ser realista e optar por previsões conservadoras

O último trimestre do ano é um período de cautela. Nesta época é feita a análise das metas anuais e das providências que devem ser tomadas para o encerramento de mais um ciclo orçamentário. Em especial, itens como obrigações pendentes, contratos de serviços em andamento e obras em execução. Cabe ao gestor garantir que sejam cumpridos os objetivos do Plano Plurianual (PPA) vigente de acordo com a Lei Orçamentária Anual (LOA), que define os limites de receita e despesa e quais metas cada programa de governo deverá alcançar durante o ano. No entanto, não são raras as vezes que as contas não fecham. Para evitar falta de recursos, o especialista em Finanças Públicas do Ibegesp (Instituto Brasileiro de Educação em Gestão Pública), Tiago Brito, dá algumas dicas para as contas não ficarem no vermelho.

O primeiro ponto, de acordo com Brito, é ser o mais realista possível, “é necessário que haja previsão adequada de receitas e despesas, ou ...