Dúvidas? 11 3052-2529 | 0800 771 2529 Login

Conteúdo Descomplicado

Melhorar a Gestão Pública pressupõe escutar o cidadão

Redação Radar IBEGESP Inovação e Boas Práticas Notícias Boas Práticas 03/06/2019

Como saber o que é necessário à população?

A Administração Pública preza pelo que é de interesse social. Deste modo, não deve responder a interesses privados, mas àquilo que é demandado pela sociedade de modo geral. Dizer isto pressupõe que a Administração Pública possui como princípio o tratamento igualitário dos cidadãos, de modo que os mesmos acessem seus serviços com igualdade de oportunidades, sem qualquer distinção de cunho econômico, racial, sexual, geracional, regional ou de gênero.

Apesar deste pressuposto, parcelas consideráveis da população brasileira encontram entraves ao buscar acessar um serviço público, seja pela escassez ou morosidade do mesmo, ou pela falta de conhecimento acerca de como acessá-lo. Por este motivo, práticas inovadoras são essenciais para a real universalização dos serviços públicos.

Neste sentido, algo que pode trazer inovação a determinados órgãos, é a caixa de sugestões do cidadão. Em órgãos públicos em que há atendimento direto ao público, estas caixas permitem que os usuários sugiram mudanças que podem otimizar os serviços e que apontem obstáculos nos processos atuais de atendimento. Em locais em que não há contato direto com o cidadão, é possível fazer pesquisas online ou via telefone sobre o que determinado grupo social acha sobre o serviço prestado.

Buscar escutar os cidadãos se torna cada vez mais essencial em um cenário em que determinados serviços públicos são vistos com descrença ou tem sua qualidade questionada. Por este motivo, é essencial que os gestores compreendam o que importa para os maiores interessados nos serviços prestados: os cidadãos!

E você? O que acha que pode ser útil para estreitar as relações entre os servidores e a população? Comente!

 

Posts Relacionados